Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrar

Unicamp 2020: provas da segunda fase começam com temas inéditos na redação e abstenção de 10,2%

Notícias 12 de janeiro de 2020


Primeiro dia de provas teve 12,2 mil participantes e nenhum incidente neste domingo, diz comissão. Segundo dia terá questões específicas na tarde desta segunda-feira (13). Comvest fez balanço sobre primeiro dia da 2ª fase do vestibular da Unicamp
Bruna Ferreira
A 2ª fase do vestibular 2020 da Unicamp começou com abstenção de 10,2%, temas abordados de maneira inédita na prova de redação e sem incidentes, segundo a comissão organizadora do processo seletivo (Comvest). Entre os 13,5 mil candidatos classificados, 1,3 mil deixaram de fazer as provas português, inglês e redação neste domingo (12). O segundo dia de avaliações será nesta segunda-feira.
Os exames foram aplicados em 17 municípios paulistas, além de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Salvador (BA). Na prova de redação, o candidato poderia desenvolver uma crônica sobre micromaschimos na sociedade ou fazer um texto voltado para a plataforma podcast onde deveria relacionar biodiversidade e sociodiversidade no Brasil, considerando-se um público-alvo.
“O tema [crônica sobre micromachismos] é mais próximo: traz experiências corriqueiras como a interrupção da fala das mulheres ou a desconfiança em relação à capacidade delas ou não convidá-las para jogar futebol. O interessante da proposta é permitir a reflexão sobre algo que transcende as relações sociais mais amplas e faz com que garotas e garotos observem e revejam suas práticas”, falou o diretor da Comvest, José Alves de Freitas Neto.
As provas podem ser conferidas no site da comissão; clique aqui
Sobre a outra proposta, ele disse que questões ambientais e preconceitos já foram tratados em edições anteriores, mas não “na forma e especificidade” do exame aplicado nesta tarde.
Além de desenvolver uma proposta de redação, os estudantes precisaram solucionar oito questões de português e duas interdisciplinares de inglês. Veja aqui como foi.
Os candidatos disputam 2,5 mil vagas em 69 cursos de graduação.
Avaliação
Sobre o índice de abstenção, a Comvest destacou que trata-se, por enquanto, do menor índice em três anos. Os dados foram apresentados durante uma coletiva no início desta noite por Alves, além da diretora adjunta, Ana Maria Almeida, e da coordenadora acadêmica, Márcia Mendonça.
2017 – 10%
2018 – 12,7%
2019 – 11,3%
2020 – 10,2%
Os três maiores índices de abstenção foram registrados em Curitiba (17,3%), Fortaleza (17,2%) e Bauru (16,8%); enquanto que os menores foram em Jundiaí (7%), São Carlos (8%) e Campinas (8,1%).
Pela primeira vez, a universidade usou um sistema para reconhecimento facial dos candidatos nas 26 escolas que recebem a avaliação. Nenhum problema foi registrado no momento em que os funcionários da comissão registram fotos para armazenamento em um servidor e para uso como lista de presença.
Confira lista de aprovados para a 2ª fase do vestibular
Veja as notas de corte para cada um dos cursos
Candidatos falam em promessas e fazem ‘última revisão’ antes de provas da 2ª fase
Aluna de 15 anos passa para 2ª fase da Unicamp e vislumbra medicina: ‘estudar mais’
Unicamp aplica provas da segunda fase do vestibular 2020
Bruna Ferreira/G1
Novo formato
Esta é a primeira vez em que a 2ª fase tem dois dias de provas dissertativas – até a edição anterior eram três, cada um deles com até quatro horas. Além disso, inglês voltou a ser cobrado nesta etapa.
A segunda prova está marcada para a tarde desta segunda-feira. Veja abaixo distribuição de conteúdos.
Seis questões de matemática; duas questões interdisciplinares de ciências humanas; duas questões interdisciplinares de ciências da natureza; e parte específica por área:
Candidatos em ciências biológicas/saúde: seis questões de biologia e seis questões de química;
Candidatos em ciências exatas/tecnológicas: seis questões de física e seis questões de química;
Candidatos em ciências humanas/artes: seis questões de geografia e seis questões de história, incluindo conteúdos de Filosofia e Sociologia.
Cursos mais concorridos
Medicina (integral) – 11,86 candidatos por vaga (c/v)
Ciências do esporte (integral) – 8,38 c/v
História (integral) – 6,78 c/v
Engenharia de produção (integral) – 6,34 c/v
Farmácia (integral) – 6,23 c/v
Orientações
A universidade recomenda aos candidatos que cheguem com antecedência aos locais de prova.
O que levar para a prova?
Documento de identidade original indicado na inscrição;
Caneta preta em material transparente, lápis preto e borracha;
Régua transparente e compasso;
Água, sucos, doces;
Uso de bermudas e vestimentas leves
O que NÃO pode levar?
Aparelhos celulares (devem ser desligados imediatamente ao entrar na sala e colocar em embalagem; ele pode ser retirado após o candidato deixar o prédio);
Equipamentos eletrônicos, relógios digitais, corretivo líquido, lapiseira, caneta marca texto, bandana/lenço, boné, chapéu, ou outros materiais estranhos à prova;
O candidato pode usar relógio para controlar o tempo, mas ele deve ficar no chão.
Locais de prova
As provas da 2ª fase serão em Bauru (SP), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campinas (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Guarulhos (SP), Jundiaí (SP), Limeira (SP), Mogi Guaçu (SP), Osasco (SP), Piracicaba (SP), Presidente Prudente (SP), Ribeirão Preto (SP), Salvador (BA), Santos (SP), São Bernardo do Campo (SP), São Carlos (SP), São José do Rio Preto (SP), São José dos Campos (SP), São Paulo (SP) e Sorocaba (SP). A Comvest ressalta que os locais não são necessariamente os mesmos da 1ª fase.
De acordo com a Comvest, as cidades que recebem mais estudantes nesta segunda fase são:
Campinas – 3.558
São Paulo – 3.177
São José dos Campos – 633
Piracicaba – 628
Ribeirão Preto – 545
Calendário
Provas de Habilidades Específicas – 20 a 24/1
Divulgação da 1ª chamada (para matrícula não presencial) – 10/2
Matrícula não presencial – 11/2
2ª chamada – 13/2
Matrícula não presencial da 2ª chamada – 14/2
Período para cancelamento de matrícula – 17 a 19/2
3ª chamada – 18/2
Matrícula não presencial da 3ª chamada – 19/2
4ª chamada – 21/2/2020
Matrícula presencial da 4ª chamada – 2/3
“A matrícula presencial da 4ª chamada deve ser feita, também, por todos os candidatos convocados nas três primeiras chamadas e que realizaram a matrícula virtual pela internet”, informa nota da Comvest. Segundo a comissão, a vaga só estará garantida após realização deste procedimento, entre 9h e 12h.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.
Source: Notícias de Campinas e Região

8 visualizações, 1 hoje

  

Links Patrocinados

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Anuncie agora mesmo

Portal do Campo Grande, Campinas-SP

Facebook

%d blogueiros gostam disto: