Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrar

RMC registra 45,4 mil casos de dengue em 11 meses, diz estado; veja total em cada município

Notícias 22 de dezembro de 2019


Campinas passa pela terceira maior epidemia da história e concentra 57,8% dos casos, enquanto menor quantidade está em Morungaba. Confira dicas para evitar criadouros do Aedes aegypti. Aedes aegypti pode transmitir vírus da dengue, zika e chikungunya
LM Otero/Arquivo/AP Photo
A Região Metropolitana (RMC) registrou 45,4 mil casos confirmados de dengue entre janeiro e novembro, segundo o Centro de Vigilância Epidemiológica do estado (CVE-SP). Campinas (SP) concentra 57,8% deste moradores infectados, enquanto que Morungaba (SP) registrou a menor quantidade – dois pacientes, um autóctone (vírus transmitido na cidade) e outro importado (infecção ocorreu fora).
Neste ano, Campinas enfrenta a terceira maior epidemia da história. As duas maiores ocorreram em 2014 e 2015, quando foram contabilizados respectivamente 42,1 mil e 65,6 mil pessoas com a doença.
Na sequência, os municípios com mais casos são Americana (SP) e Santa Bárbara d’Oeste (SP)
O total de óbitos registrados em cada município não foi indicado no balanço com dados atualizado até 30 de novembro. Veja abaixo a distribuição dos casos nos 20 municípios da RMC.
Casos confirmados de dengue na RMC
Sintomas provocados pela dengue
Arte/TV Globo
Prevenção em casa
Órgãos de saúde recomendam uma série de ações para evitar criadouros do mosquito Aedes aegypti. Além de transmitir o vírus da dengue, ele ainda é vetor de doenças como zika e chikungunya.
Utilize telas de proteção nas janelas da casa;
Mantenha o terrenos sempre livre de materiais ou entulhos que possam ser criadouros;
Tampe os tonéis e caixas d’água;
Mantenha as calhas sempre limpas;
Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo;
Mantenha lixeiras tampadas;
Deixe ralos limpos e com aplicação de tela;
Limpe semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
Limpe com escova ou bucha os potes de água para animais;
Evite o acúmulo de água em pneus e calhas sujas;
Retire água acumulada na área de serviço;
‘O mosquito não tira férias’
O projeto “O mosquito não tira férias” busca incentivar a criatividade de alunos dos ensinos fundamental e médio dos municípios das áreas de cobertura da EPTV, com reconhecimento e premiação para as três melhores ações desenvolvidos por região com troféu, brindes e um certificado.
Os projetos devem ser cadastrados no site da emissora entre 25 de novembro e 29 de fevereiro de 2020 junto com imagens (fotos ou vídeos) que comprovem a realização da atividade.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.
Source: Notícias de Campinas e Região

9 visualizações, 1 hoje

  

Links Patrocinados

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Anuncie agora mesmo

Portal do Campo Grande, Campinas-SP

Facebook

%d blogueiros gostam disto: