Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrar

Receita paga R$ 83,8 milhões no 1º lote de restituição do IRPF 2019 na região de Campinas

Notícias 17 de junho de 2019


Oito cidades que pertencem à Delegacia Regional recebem o valor nesta segunda-feira (17). Veja como consultar a situação da sua declaração. Receita Federal paga primeiro lote de restituições do IRPF 2019 nesta segunda-feira (17).
Marcos Santos/USP Imagens
A Receita Federal paga nesta segunda-feira (17) o primeiro lote de restituições do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) 2019. Na região de Campinas (SP), R$ 83.876.617,97 serão pagos às oito cidades que pertencem à Delegacia Regional. São elas: Campinas, Hortolândia, Sumaré, Indaiatuba, Jaguariúna, Paulínia, Valinhos e Vinhedo.
O valor referente a lotes residuais também integram o montante. Em todo o Brasil, serão depositados R$ 5,1 bilhões a 2.573.186 contribuintes.
SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2019
A prioridade deste lote é para idosos e pessoas com alguma deficiência física ou mental, ou ainda pessoas com doenças graves.
Clique aqui para consultar se você está no primeiro lote
O prazo para entrega da declaração em multa foi 30 de abril. Nas 31 cidades da região de Campinas, 801.266 formulários foram entregues. O valor a ser pago nesta segunda-feira corresponde a 45.810 declarantes.
Consulta IRPF 2019 depende de dados como CPF e data de nascimento.
Reprodução/Site da Receita Federal
Restituições de anos anteriores
Contribuintes da região de Campinas têm pendências a receber de declarações desde 2011. Todos os valores serão corrigidos pela taxa Selic. Confira o montante referente a cada ano na tabela abaixo:
Valores do 1º lote de restituição do IRPF 2019 na Delegacia Regional de Campinas da Receita Federal
Veja datas de pagamento dos próximos lotes:
1º lote, em 17 de junho de 2019
2º lote, em 15 de julho de 2019
3º lote, em 15 de agosto de 2019
4º lote, em 16 de setembro de 2019
5º lote, em 15 de outubro de 2019
6º lote, em 18 de novembro de 2019
7º lote, em 16 de dezembro de 2019
Malha fina
A Receita informou que é possível checar se a declaração foi processada.
Se ela estiver na fila de pagamentos, significa que as informações prestadas estão coerentes com o banco de dados da Receita. O órgão tem até cinco anos para pedir esclarecimentos sobre as declarações dos contribuintes.
A verificação pode ser feita pelo serviço Meu Imposto de Renda da Receita Federal. Para isso, é preciso gerar um código de acesso, a partir do número do CPF, data de nascimento e recibos de entrega das duas últimas declarações.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Source: Notícias de Campinas e Região

25 visualizações, 1 hoje

  

Links Patrocinados

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Anuncie agora mesmo

Portal do Campo Grande, Campinas-SP

Facebook

%d blogueiros gostam disto: