Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | Entrar

MP arquiva inquérito que apurava contratação de OS para serviços no Ouro Verde

Notícias 26 de junho de 2019


Promotores não encontraram irregularidades no acordo entre Rede Mário Gatti e Cejam, nem ato de improbidade de Arly de Lara Romeo, atual presidente da Sanasa e ex-diretor da OS. O presidente da Sanasa, Arly de Lara Romêo, em Campinas
Carlos Bassan / Prefeitura de Campinas
O Ministério Público (MP) arquivou o inquérito civil que apurava a contratação da Organização Social Cejam, pela Rede Mário Gatti, para administrar os serviços médicos no Hospital Municipal Ouro Verde, em Campinas (SP). A investigação ocorreu após denúncia, uma vez que Arly de Lara Romeo, presidente da Sanasa, aparecia como presidente da entidade no cadastro de empresas da Receita Federal.
À época da abertura do inquérito, a Prefeitura alegou que Arly não fazia mais parte da diretoria da OS desde setembro de 2018, e que ele não teve participação na contratação.
Ao arquivar o inquérito, o promotor Angelo Santos de Carvalhaes destaca que não houve ato de improbidade administrativa, já que não havia irregularidade na contratação emergencial da OS, além de identificar o afastamento e posterior renúncia de Arly de Lara Romeu do cargo de diretor presidente da associação.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas
Source: Notícias de Campinas e Região

20 visualizações, 1 hoje

  

Links Patrocinados

Deixe seu Comentário

É necessário fazer login para poder inserir um anúncio.

Anuncie agora mesmo

Portal do Campo Grande, Campinas-SP

Facebook

%d blogueiros gostam disto: